Processo de concessão do aeroporto de Londrina está marcado para sexta

Processo de concessão do aeroporto de Londrina está marcado para sexta Foto: Aeroporto Internet

O processo de concessão do aeroporto de Londrina deve começar na próxima sexta-feira (18). Este é o dia em que será lançado o edital por parte do Governo Federal. A estimativa é que o aeroporto receba em torno de R$ 300 milhões de reais em investimento após o término do processo.

A duração do contrato de concessão será de 30 anos. Em Londrina, a concessão será apenas dos serviços, continuando as instalações sob a propriedade da União. A previsão é de que o aeroporto já esteja com o novo concessionário no primeiro trimestre de 2021. 

Segundo o ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, o investimento será feito na pista, operação e terminal de passageiros. “No dia 26 de março será feito na bolsa de São Paulo, o leilão do bloco”, aponta.

O aeroporto Governador José Richa faz parte do bloco Sul, que engloba mais três aeroportos paranaenses - São José dos Pinhais [Afonso Pena], Foz do Iguaçu e Curitiba – Bacacheri, dois catarinenses - Navegantes e Joinville, e três gaúchos Pelotas, Uruguaiana e Bagé.

A Agência Nacional de Aviação Civil, Anac, estima que as concessões com todos eles pode chegar a um contrato estimado em R$ R$ 7,4 bilhões e lance mínimo de R$ R$ 133 milhões. Houve revisão nos valores por conta dos impactos sofridos pelo setor pela pandemia e os possíveis reflexos ao longo dos contratos de concessão.

A privatização, segundo a Anac, tem o objetivo de melhorar a infraestrutura e o atendimento aos usuários, além da modernização dos equipamentos, importantes para potencializar o crescimento e desenvolvimento econômico-social da cidade.

Essa será a 6ª rodada de concessão de aeroportos com 22 aeroportos em negociação. 

Foto: Aeroporto Internet

Informações: Anac

Rádio Almagro FM

Rate this item
(0 votes)
Última modificação em Quarta, 16 Dezembro 2020 17:27

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.