ACIL convoca empresas para que abram amanhã, segunda-feira

Este é um dos dias mais difíceis da história da ACIL, entidade com mais de 80 anos, representante da classe empresarial e da coletividade, à frente das decisões mais importantes da cidade, lutando incansavelmente pelo setor produtivo e o desenvolvimento de Londrina.

É profundamente lamentável ver uma cidade pujante como a nossa virar refém de um cenário inconstante, onde a decisão isolada e pessoal da promotora pública Susana de Lacerda ultrapassa todo um embasamento técnico e científico, construído de forma coletiva, com o respaldo de profissionais capacitados do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COESP), sobre a realidade da Covid-19 em nossa cidade.

Reafirmamos através do STF a competência jurídica do Município em determinar a reabertura das atividades produtivas, entre elas o comércio.

Como entidade, a ACIL entende a importância da Justiça e do cumprimento da lei. No entanto, defendemos a partir de agora que a economia, o emprego e a luta contra a fome também passem a ser considerados serviços essenciais neste município. E apesar de não poder garantir que as empresas não sofram multas em um cenário completamente confuso, juridicamente falando, não podemos mais permitir que o empresário fique no meio desta briga.

O retorno das atividades do comércio, indústria e serviços a partir desta segunda-feira (04), das 10 às 16 horas, seguindo rigorosamente todos os protocolos de segurança e saúde, passa a ser a bandeira da ACIL.

Fernando Moraes, presidente da ACIL.

Informações: Blog Paçoca com Cebola

Rádio Almagro FM

Rate this item
(0 votes)
Última modificação em Domingo, 03 Maio 2020 21:33

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.